Drone mostra como Wuhan se transformou numa cidade fantasma graças ao coronavírus | TVARACAJU.com Televisão via Internet

Vídeo gravado com um drone mostra como Wuhan, na China, onde o coronavírus terá tido origem, se transformou numa verdadeira cidade fantasma.   Os números aumentam de dia para dia. O coronavírus com origem em Wuhan, na China, já fez mais de 500 mortos e...

corona, virús, pandemia, epidemia, contágio, mortes, china, wuhan

Drone mostra como Wuhan se transformou numa cidade fantasma graças ao coronavírus

Publicado por: admin
09/02/2020 12:59 PM
Wu Hong / EPA
Wu Hong / EPA

Vídeo gravado com um drone mostra como Wuhan, na China, onde o coronavírus terá tido origem, se transformou numa verdadeira cidade fantasma.

 

Os números aumentam de dia para dia. O coronavírus com origem em Wuhan, na China, já fez mais de 500 mortos e quase 30 mil infetados em 24 países. Desde 23 de janeiro que o Governo chinês ordenou que os moradores ficassem em quarentena.

 

De acordo com o Business Insider, para além de os 11 milhões de moradores serem obrigados a ficar em casa para tentar conter a propagação do vírus, as autoridades também proibiram a circulação de viaturas particulares no centro da cidade.

 

E, por isso, graças a esta quarentena, que já pode ser considerada a mais longa da história, Wuhan transformou-se numa verdadeira cidade fantasma. Para o comprovar, basta ver o vídeo da ABC News filmado com um drone.

ABC News @ABC
 

Drone footage shows almost empty streets in typically bustling Wuhan, China, amid a citywide lockdown over the deadly coronavirus outbreak.



The viral outbreak has infected more than 20,600 people globally. https://abcn.ws/2SlUaKq 

 

279 pessoas estão falando sobre isso
 
 

 

Testemunhos recolhidos pelo Business Insider mostram que os moradores só saem de casa para comprar alimentos e/ou máscaras. Dentro desses estabelecimentos, alguns funcionários optam por usar roupas de proteção de corpo inteiro.

 

Segundo a agência Reuters, as autoridades chinesas solicitaram aos agricultores que aumentassem a produção de vegetais e abriram algumas estradas que estavam fechadas para os camiões de entregas poderem circular.

 

O Governo também ameaçou com punições duras os proprietários das lojas que aumentassem os preços dos alimentos e das máscaras (que são de uso obrigatório em Wuhan).

 

Com os hospitais da cidade a ficarem sem camas disponíveis, a China construiu em apenas oito dias um novo hospital. Os estádios e outros edifícios também estão a ser usados para acolher pacientes.

 

 

Fonte: Planeta ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados