A Ciência explica como tornar o chocolate de leite mais saudável | TVARACAJU.com Televisão via Internet

O chocolate de leite é um dos doces mais populares em todo o mundo, apesar de estar longe de ser considerado um produto alimentar saudável. Agora, cientistas descobriram uma forma de o tornar mais saudável.   Ao contrár...

alimentos, rotulo, embalagem, industrializados, biscoitos, sal, doces, sódio, açucar

A Ciência explica como tornar o chocolate de leite mais saudável

Publicado por: admin
28/08/2020 01:51 PM

O chocolate de leite é um dos doces mais populares em todo o mundo, apesar de estar longe de ser considerado um produto alimentar saudável. Agora, cientistas descobriram uma forma de o tornar mais saudável.

 

Ao contrário do popular chocolate de leite, o chocolate negro é rico em compostos bioativos, principalmente compostos fenólicos que podem fornecer benefícios antioxidantes. Na verdade, é a presença desses compostos que confere ao chocolate preto o seu sabor amargo.

 

Porém, para aqueles que preferem o sabor do chocolate de leite, os cientistas descobriram uma forma de o tornar mais saudável. Para aumentar a sua composição antioxidante, investigadores do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos propõem combinar o chocolate com resíduos de alimentos, como a casca vermelha que envolve a fruta do amendoim.

 

De acordo com Lisa Dean, principal investigadora do projeto, os fabricantes de produtos feitos de amendoim descartam milhares de toneladas da sua pele por ano, “mas como contém 15% de compostos fenólicos por peso, é uma potencial mina de ouro com bioatividade antioxidante”, tal como a borra de café, folhas de chá descartadas e outros restos de comida.

 

Conforme explicado no site da American Chemical Society (ACS), os cientistas trituraram os restos de comida em pó e depois extraíram os compostos fenólicos com etanol para depois combiná-los com um aditivo alimentar chamado maltodextrina que permite facilitar a sua incorporação ao chocolate.

 

Os restos – lignina e celulose – também servem para ração para animais.

 

Apesar do amendoim estar entre os alimentos que mais desencadeiam reações alérgicas, a análise da poeira fenólica produzida na sua pele não revelou a presença de alérgenos.

 

Os cientistas planeiam ainda testar se a casca do amendoim é capaz de estender a vida útil das manteigas de diferentes nozes, que geralmente é curta devido ao alto teor de gordura.

 

Fonte: Planeta ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar