Inchaço nos membros inferiores: quais os sintomas da má circulação e como prevenir? | TVARACAJU.com Mobile Television Network

Cirurgião vascular explica que este sintoma pode ter alta incidência em estações marcadas por temperaturas elevadas, porque a exposição ao sol pode dilatar as veias e prejudicar o funcionamento dos vasos linfáticos   Temperaturas mais altas, exposição ...

pés, inchados, circulação, vasos, linfáticos

Inchaço nos membros inferiores: quais os sintomas da má circulação e como prevenir?

Publicado por: admin
08/11/2021 05:11 PM
Cortesia Pexels/iStock
Cortesia Pexels/iStock

Cirurgião vascular explica que este sintoma pode ter alta incidência em estações marcadas por temperaturas elevadas, porque a exposição ao sol pode dilatar as veias e prejudicar o funcionamento dos vasos linfáticos

 

Temperaturas mais altas, exposição ao sol e passar muito tempo na mesma posição: esses são alguns fatores que contribuem para inchaços nas pernas em estações marcadas por climas mais quentes e, diversas vezes, este sintoma indica problemas na circulação sanguínea dos membros inferiores.

 

Conforme o cirurgião vascular, Dr. Márcio Steinbruch, esta situação está associada ao fato de o calor ter potencial de dilatar as veias e, consequentemente, causar uma alteração no retorno do sangue das extremidades do organismo ao coração.

 

“Para entender isso, é preciso recordar como funciona o sistema circulatório: as artérias são responsáveis por levar o sangue para as extremidades do corpo; as veias auxiliam no trajeto contrário, ou seja, fazem com que o sangue da periferia do organismo retorne ao coração. Além disso, também há os vasos linfáticos que drenam o excesso de líquido, conhecido como linfa, dos tecidos”, explica o cirurgião vascular.

 

As veias e os vasos linfáticos atuam contra a gravidade e, para que a circulação ocorra de maneira adequada, o corpo depende da musculatura da panturrilha, estrutura chamada de coração venoso periférico. “É por isso que quando ficamos muito tempo na mesma posição, sem movimentar as pernas, seja sentado ou em pé, dificultamos o retorno venoso e, podemos perceber os membros inferiores inchados. No calor, esta situação pode se intensificar, porque as veias podem ficar dilatadas e a exposição prolongada ao sol pode prejudicar o funcionamento dos vasos linfáticos”, destaca o dr. Márcio.

 

Além do inchaço, as pessoas também podem ter a sensação de peso e formigamento nos pés e pernas, cãibras e manchas vermelhas. O cirurgião vascular reforça que esses sintomas podem piorar no fim do dia, “principalmente se a dinâmica de trabalho for em pé ou se há o uso de saltos altos por longos períodos”.

 

Para prevenir o surgimento de má circulação, Steinbruch comenta que é importante deitar e elevar as pernas a um nível acima do coração pelo menos três vezes ao dia, por cerca de 15 minutos, praticar atividades físicas diariamente, manter uma alimentação saudável e evitar passar muito tempo na mesma posição, por isso, é recomendado intercalar momentos durante o dia para exercitar a panturrilha, andando por pelo menos 10 minutos.

 

“Ao perceber o inchaço nos membros inferiores, compressas de água fria podem ajudar e se o problema se tornar frequente, é importante procurar um especialista para evitar o agravamento da situação”, concluiu o dr. Márcio.

 

Sobre o especialista: Dr. Márcio Steinbruch – formado pela Universidade de São Paulo (USP), é médico com especialização em cirurgia vascular pelo Hospital das Clínicas da FMUSP, além disso, possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e é membro titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar